Moda   Tendências  

Da passerelle para o mundo: knitwear

19 Dec 2017
By Rui Matos

Esta é a tendência que ano após ano se renova, até porque, seria impossível passar os meses de inverno sem peças quentes e confortáveis. No inverno de 2017/2018, o knitwear volta a ser o rei de qualquer coordenado.

Esta é a tendência que ano após ano se renova, até porque, seria impossível passar os meses de inverno sem peças quentes e confortáveis. No inverno de 2017/2018, o knitwear volta a ser o rei de qualquer coordenado.

O frio até pode ter demorado a chegar, mas já não conseguimos sair de casa sem camadas de roupa – viva às sobreposições. As malhas em lã e em caxemira já estavam desejosas de sair do armário e ver a luz do dia.

Quando se pensava que já tudo foi feito no knitwear, as coleções da estação fria de 2017 mostram o contrário. E falar desta tendência é relembrar o nome de Sonia Rykiel, que ficou conhecida como a rainha do knitwear. Não há coleção da criadora francesa que não tenha como protagonista esta arte: mesmo depois da sua morte, o legado tem sido continuado através de Julie de Libran, atual diretora criativa.

Seja em tamanhos desmedidos, em versões volumosas, com ou sem gola, às riscas ou só de uma cor, o knitwear marcou presença nas principais semanas de Moda de outono-inverno 2017. A Balenciaga, Maques'Almeida e Zadig et Voltaire apostaram nas versões oversized. Por outro lado, Alberta Ferretti, Sacai e Lanvin apresentaram as tradicionais riscas. Já os clássicos ficaram entregues a MaxMara, Louis Vuitton e a Mugler.

Para conhecer um guia completo, é só percorrer a galeria e, se precisa de inspiração para o dia-a-dia, é só espreitar a galeria de street style, aqui.

© Todas as imagens ImaxTree

Rui Matos By Rui Matos

Relacionados


Moda  

Open Call | Time of Seasons

23 Jun 2024

Lifestyle   Tendências  

Onde está o queer nos contos de fadas?

22 Jun 2024

Moda  

Open Call | Hide and Seek

21 Jun 2024

Atualidade   Curiosidades  

Junho, o mês do orgulho

21 Jun 2024