Opinião   Palavra da Vogue  

Coral draw

10 Jul 2018
By Sara Andrade

Lee Pfayfer acabou de chegar, mas tem entrada direta na lista de objetos de desejo da Vogue.

Desenhos de corais em vestidos de linho com silhuetas esvoaçantes são o nosso novo amor para o guarda-roupa à beira-mar - e na cidade. Lee Pfayfer acabou de chegar, mas tem entrada direta na lista de objetos de desejo da Vogue.

Criada, este ano, pela designer que lhe dá nome, a marca homónima de Lee prima não só pelos materiais eco-conscientes em fibras consistentes - nos quais se destacam os linhos e demais algodões leves hipoalergénicos com alta capacidade de absorção da humidade -, mas também pelos bordados feitos à mão e à máquina, recorrendo a técnicas tradicionais de costura.

A etiqueta nasce de uma criadora que passou anos a viajar pelo globo e esse seu lado errante reflete-se na inspiração da coleção de estreia, que coloca Saint-Tropez, Bali ou Xangai, por exemplo, nos desenhos de coral, folhas monstera e vasos, respetivamente, com que ornamenta as suas peças. Cada vestido demora cerca de 10 dias a ser feito, o que, aliado à escolha de tecidos amigos do ambiente, argumenta a favor de um preço que não está ao alcance de todos os orçamentos. 

Felizmente, a entrada na wishlist não implica fundos e estas opções são obrigatórias no moodboard para o verão.

 

Sara Andrade By Sara Andrade

Relacionados


Moda  

Open Call | Time of Seasons

23 Jun 2024

Lifestyle   Tendências  

Onde está o queer nos contos de fadas?

22 Jun 2024

Moda  

Open Call | Hide and Seek

21 Jun 2024

Atualidade   Curiosidades  

Junho, o mês do orgulho

21 Jun 2024