Artigo Anterior

Como construir um armário cápsula em segunda mão

Próximo Artigo

Os tempos de adversidade levam ao crescimento criativo?

Tendências 2. 2. 2021

Como comprar um vestido de noiva sustentável

by Emily Chan

 

Das marcas ecológicas que precisa de conhecer à compra de uma vestido de noiva vintage ou usado, aqui está tudo o que precisa de saber antes de dar o nó.

Tess van Zalinge © Vivian Hoorn

Embora os casamentos de grande escala não sejam possíveis devido às restrições sanitárias, muitos casais optaram por cerimónias mais íntimas. Com as provas de vestido em pessoa fora de jogo, muitas são as noivas que têm repensado os seus vestidos de noiva, incluindo agora opções mais discretas e sustentáveis para o grande dia. 

Apesar de não ter uma linha específica para noivas, a marca eco-consciente Maggie Marilyn viu um maior interesse por parte das noivas nas suas peças de pronto-a-vestir desde o início da pandemia. “Com tudo o que está a acontecer no mundo agora, as noivas estão a suavizar um bocadinho as suas escolhas, que são mais frescas e modernas,” conta a fundadora Maggie Hewitt à Vogue. “As noivas estão a optar por peças que se alinham com os seus valores quando se casam, o que também é empolgante.”

Para quem procura um vestido de noiva mais tradicional, o vintage também se tornou numa escolha cada vez mais popular para as eco-brides. O Lyst afirmou que as pesquisas por vestidos de noiva vintage aumentaram 297% nas 48 horas após a Princesa Beatrice ter optado por um vestido emprestado Norman Hartnell dos anos 60 que pertenceu à sua avó, para o seu casamento que aconteceu em julho de 2020.

O empréstimo e o upcycling também estão em alta, à medida que as noivas se tornam cada vez mais conscientes do impacto ambiente de um vestido que é só usado uma única vez. Aqui está o guia Vogue para vestidos de noivas sustentáveis. 

As marcas que precisa de conhecer

Cecilie Bahnsen

Designers como Stella McCartney e Gabriela Hearts - ambas conhecidas pelas suas práticas sustentáveis - são lugares óbvios para começar a sua procura por vestidos de noiva, mas vale também a pena experimentar Maggie Marilyn, Mother of Pear e Reformation se estiver à procura de uma proposta mais descontraída. 

Na verdade, optar por um vestido que “pode ser usado mais do que uma vez” vai aumentar a sustentabilidade do mesmo, acrescenta Hewitt. É por isso que a linha Encore de Cecilie Bahnsen - feita com excedentes - é outra opção fantástica, com peças primorosamente trabalhadas que podem ser usadas no seu grande dia e depois (especialmente quando as festas forem permitidas novamente). 

Vestidos de noiva vintage e usados

Ao usar vintage no dia do casamento, não está apenas a prolongar a vida de um vestido pré-existente - é provável que seja uma peça única, tornando-se numa escolha ultra-especial. “É sobre os clientes que desejam compras mais significativas e sobre usar algo único; algo com uma história no seu dia especial,” explica Marie Blacnhet, fundadora e CEO da Mon Vintage. 

Maggie Marilyn © Peter Van Alpen

Com tantas opções disponíveis, ajuda a restringir o que está a procurar. De acordo com Blancet, a estética da década de 1960 estão de momento em alta. Já outras noivas estão a optar pelo glamour da velha escola de Hollywood das décadas de 1930 e 1940. O tailleur branco também está ressurgir aos poucos, graças ao surgimento do micro-casamento. Procure um especialista vintage que ajustará as peças às suas medidas, aconselha a especialista, acrescentando que é melhor comprar uma peça muito grande do que muito pequena.

Se estiver à procura de uma opção usada moderna, experimente os mercados específicos para noivas, como Still White e Brides Do Good, bem como sites de revenda como The RealReal e Vestiaire Collective. Lá encontrará vestidos de artistas como Carolina Herrera e Emilia Wickstead, todos por uma fração do preço de um vestido de noiva novo.

Alugar um vestido de noiva

Com o aumento da fashion rental nos últimos anos, não é surpresa que mais noivas estejam a consider alugar um vestido como "algo emprestado". “Faz muito sentido alugar se for apenas para aquele dia”, diz Eshita Kabra-Davies, fundadora e CEO da app By Rotation, que agora vê noivas a emprestar os seus próprios vestidos de noiva (Cecilie Bahnsen, Jacquemus e Ganni são todas opções populares).

Se não consegue encontrar o vestido dos seus sonhos para alugar, vale definitivamente a pena considerar pedir emprestado os seus acessórios para o dia do casamento - seja uma carteiras Simone Rocha ou uma bandolete de pérolas da Shrimps para finalizar o look.

Como dar uma nova vida ao vestido de noiva

Tess van Zalinge © Vivian Hoorn

Embora os vestidos de noiva acabem numa caixa no guarda-roupa, muitas noivas estão agora a pensar em como dar uma segunda vida aos seus vestidos. A designer de noivas Alice Temperley mostrou como tingir vestidos usando apenas materiais naturais, enquanto marcas em ascensão como Wed Studio e Tess van Zalinge estão a transformar peças antigas em peças separadas modernas que podem ser usadas no dia a dia.

Em última análise, trata-se de reduzir o desperdício tanto quanto possível. Como explica Van Zalinge: “Podes comprar um vestido que vais usar apenas um dia, mas precisas de pensar no que podes fazer com ele depois.”

Artigos Relacionados

Tendências 5. 6. 2019

Oito marcas com vestidos de noiva sustentáveis

Está a planear um casamento sustentável mas que usar um vestido novo no grande dia? De Lost in Paris a Reformation, reunimos uma série de marcas com vestidos de casamento ecológicos que precisa de conhecer.

Ler mais

Entrevistas 17. 12. 2018

Ivory, a nova coleção bridal de Diogo Miranda

Para terminar o ano de 2018 em grande, Diogo Miranda apresenta Ivory, uma coleção-cápsula de seis vestidos de noiva. O lançamento ganha laivos de argumento para a Vogue conversar com o criador português e descobrir tudo sobre esta linha bridal.

Ler mais

Curiosidades 30. 8. 2018

Casamento Chiara Ferragni & Fedez: tudo o que precisa de saber

A blogger e super-influencer Chiara Ferragni tem casamento marcado com o cantor e júri do programa X Factor Fedez, na Sicília, e o enlace já está a ser apelidado de Casamento Real italiano. Do trio de vestidos Dior às músicas que serão tocadas na cerimónia, a Vogue lista tudo o que precisa de saber sobre o grande dia dos #TheFerragnez.

Ler mais