Lifestyle   Tendências  

Bradley Cooper: as 10 performances mais memoráveis

03 Jan 2019
By Radhika Seth

Em antecipação da award season, onde se espera que a sua estreia como realizador conquiste os jurados, a Vogue reune 10 dos seus papéis mais memoráveis até à data.

Em antecipação da award season, onde se espera que a sua estreia como realizador conquiste os jurados, a Vogue reune 10 dos seus papéis mais memoráveis até à data. 

©D.R.
©D.R.

Para celebrar o lançamento do filme A Star is Born, a conta de Instagram @everyoutfitonsatc prestou uma homenagem a Bradley Cooper com uma publicação do seu primeiro papel de sempre: uma participação na segunda temporada de Sex and the City, onde deu vida a um playboy com cabelo arrumadinho que quase teve um caso com Carrie Bradshaw. A verdade é que o ator até hoje nomeado quatro vezes para os Óscares, percorreu um longo caminho desde então. Nascido e criado em Filadélfia, matriculou-se no The Actors Studio, em Nova Iorque, após terminar o curso na Universidade de Georgetown (ele aparece em vários episódios de Inside the Actors Studio no papel de um jovem estudante, a fazer perguntas a Robert De Niro, Steven Spielberg e Sean Penn). Depois da sua breve aparição em Sex and the City, em 1999, Cooper estreou-se no grande ecrã em Wet Hot American Summer (2001), onde contracenou com Elizabeth Banks, Amy Poehler, Paul Rudd e Molly Shannon.

Seguiram-se filmes como Law & Order e Alias, bem como papéis secundários em Wedding Crashers, Failure to Launch e He’s Just Not That Into You. Mas só conquistou o seu primeiro papel principal em 2009, quando The Hangover o transformou no protagonista praticamente da noite para o dia. A seguir entrou no thriller de ficção científica Limitless e no drama criminal aclamado pela crítica The Place Beyond the Pines, isto antes de trabalhar com Jennifer Lawrence e David O. Russell em Silver Linings Playbook. Esta colaboração deu frutos: Cooper foi nomeado para um Óscar, um Golden Globe e nos Screen Actors Guild Award, e o mesmo trio reuniu-se para American Hustle (2013) e Joy (2015). American Sniper, o drama de guerra de Clint Eastwood co-produzido por Bradley Cooper, foi outro filme em destaque na sua carreira. A película foi um êxito de bilheteira e a que mais rendeu nos Estados Unidos da América em 2014. Em todo o mundo, faturou mais de 500 milhões de dólares e recebeu seis nomeações para os Óscares. 

Este ano, Cooper juntou um novo talento ao seu CV ao realizar o remake de A Star is Born, um projeto apaixonante no qual se envolveu a vários níveis, uma vez que também co-escreveu o argumento e foi protagonista ao lado de Lady Gaga. Desde a estreia no Festival de Cinema de Veneza, o filme tem sido amplamente aclamado pela crítica e já conquistou cinco nomeações para os Golden Globe Awards 2019. Espera-se também que seja nomeado para os Óscares. Até lá, a Vogue reuniu 10 dos seus melhores filmes. 

A Star Is Born (2018)

Joy (2015)

Burnt (2015)

Serena (2014)

American Sniper (2014) 

American Hustle (2013)

Silver Linings Playbook (2012)

The Place Beyond the Pines (2012)

Limitless (2011)

The Hangover (2009)

Radhika Seth By Radhika Seth

Relacionados


Lifestyle  

Hermès: reabertura da icónica loja em Lisboa

28 Feb 2024

Moda   Compras   Tendências  

Trend Alert | Midriff

28 Feb 2024

Entrevistas   Pessoas  

Chemena Kamali fala sobre a Chloé: Karl, liberdade, Phoebe, empatia e o apelo duradouro dos anos 70

28 Feb 2024

Palavra da Vogue  

O que lhe reservam os astros para a semana de 27 a 4 de março

27 Feb 2024