Artigo Anterior

Awaytomars: primavera/verão 2021

Próximo Artigo

Duarte: primavera/verão 2021

Coleções 11. 10. 2020

Béhen: primavera/verão 2021

by Rui Matos

 

Béhen é o futuro agora.


© Ugo Camera/ModaLisboa

A Moda pode ser inclusiva. A Moda pode contribuir para causas sociais. A Moda pode mudar, nem que seja um bocadinho, o mundo. E tudo isto está no ADN da Béhen - que em hindi significa irmandade. Joana Duarte, a designer por detrás da marca, sentiu a necessidade de falar. E o resultado é uma primavera/verão 2021 que é muito mais do que roupa feita com materiais em segunda mão ou vintage.

Na passerelle, Behén contou histórias com vestidos de noiva dos anos 80, que encontrou devido a uma colaboração com a Humana e com a Fundação Ana Khan e existem ainda tops e casacos com frases dos típicos pratos falantes portugueses. No que ao calçado diz respeito, Joana Duarte pegou em coleções antigas da Seaside e recriou os sapatos à medida da Béhen. Talvez te escreva, como é denominada esta coleção, é: “Uma ode à infância e à dor de crescimento chamada amor, bordada com cristais Swarovski, gota a gota, por mãos de fada como que lágrimas de felicidade”, pode ler-se nas notas de desfile. E porque as causas sociais são fazem parte deste ADN, uma percentagem das vendas desta coleção vai reverter para instituições que combatem o casamento infantil.

Os enxovais das avós, as colchas antigas, as toalhas de mesa bordadas à mão ou os naperons que têm lugar nas cómodas lá de casa, saltam para dentro do nosso guarda-roupa, que se quer mais sustentável e consciente. E para tal, podemos sempre contar com a criatividade fervilhante de Joana Duarte. 

 

Há mais coleções para explorar, aqui.