Artigo Anterior

To be continued | New Beginnings: Histórias de esperança

Curiosidades 8. 9. 2021

Adeus, caos. Olá, arrumação!

by Joana Rodrigues

 

Para aproveitar o tempo ao máximo, selecionámos algumas dicas para organizar o tempo, o espaço e a cabeça.

© Branislav Simoncik para a Vogue Portugal, dezembro 2020

Porque setembro é o novo janeiro, é o mês de novos inícios, sejam eles um regresso às aulas ou ao trabalho, depois de uma temporada de férias. Para começar bem uma nova época, deixamos para trás os dias de desorganização e caos. A partir de agora, queremos aproveitar o tempo ao máximo para não desperdiçar energia, seja ela na vida pessoal ou profissional. Estas são algumas das estratégias que vamos implementar na nossa rotina para que esta estação seja a mais preparada e produtiva, com todos os utensílios que precisamos para as pôr em prática.

Utilizar uma agenda

Porque a memória não é infinita, é praticamente impossível que nos consigamos lembrar de tudo o que temos para fazer durante a semana. Dependendo dos compromissos, há opções para todas as necessidades, desde agendas semanais a diárias, para os mais ocupados. Há, ainda, versões em papel ou, para os que preferem ter acesso mais rápido e fácil, digital. Algumas das apps que podem ser utilizadas para organizar os seus compromissos são a Notion, uma plataforma personalizável, a Jour para os mais dedicados ao self-care e mindfulness, e a Calendly, uma agenda digital.

Fazer listas de prioridades

Todos os dias, assim que chega ao escritório, abre o caderno de bolso que tem guardado na gaveta e escreve a data numa página nova. Aí, faz uma lista de todas as tarefas que tem de completar no dia, ordenadas por prioridade. Esta seria a forma ideal de organizar as horas de trabalho ao máximo, mas é uma estratégia que pode ser aplicada a qualquer área da vida. Para uma preparação a longo prazo, as to do lists semanais também são um método de organizar prazos e compromissos.

Planear refeições

No fim de um longo dia de trabalho, a última coisa que apetece fazer é ir ao supermercado para depois cozinhar. O mais provável é que acabe a comer um pacote de batatas fritas ou a pedir comida para ser entregue em casa. Uma forma de combater ter de recorrer a estas medidas é organizar as refeições. O fim de semana é a melhor altura para se inspirar no Pinterest, escolher as receitas que tenham o ar mais apetitoso e fazer a lista de compras com os ingredientes necessários. Para não ter de perder mais tempo durante a semana, outra opção é deixar já alguns alimentos cozinhados.

Monitorizar as finanças

Cada vez mais deixamos de utilizar dinheiro em papel e passamos para o cartão - aliás, durante a pandemia, vários estabelecimentos incentivaram o uso de cartão, de maneira a reduzir o risco de contaminação. Uma desvantagem deste meio é que, quando o encostamos ao multibanco, não vemos o dinheiro a sair e, no fim do mês, podemos ser surpreendidos. Por isso, a melhor forma é controlar os movimentos bancários da conta, seja através de uma app, como a GoodBudget ou a YNAB, ou mesmo numa página dedicada ao efeito dentro da agenda.

Organizar o espaço

A verdade é que o espaço onde trabalhamos e onde vivemos influencia o mindset. Se estivermos rodeados de livros espalhados, pratos sujos e folhas escritas, é inevitável que nos sintamos pressionados pelo caos que nos rodeia. Por isso, deixar a secretária arrumada e limpa é mais um passo para uma vida organizada e cuidada.

Declutter

É provável que tenha centenas de emails na caixa de correio que não interessam, recibos na carteira de há semanas atrás e outro tipo de lixo - literal ou digital - que está a ocupar espaço necessário na sua cabeça. Está na hora de cancelar a subscrição aos emails daquela marca que nunca comprou e de fazer uma limpeza nos ficheiros que já não precisa no computador. Como quem faz spring cleaning, vamos fazer uma limpeza outonal às nossas vidas, para ganhar espaço para o que realmente importa.

Artigos Relacionados

Tendências 26. 10. 2020

Será o sono um luxo a que só os ricos têm acesso?

O sono é vital para o nosso bem-estar e, como muitos de nós nunca dormimos o suficiente, o impacto na nossa saúde mental pode ser devastador. Mas estamos todos ao mesmo nível quando se trata de dormir? Ou os ricos não têm nada com que se preocupar...

Ler mais

Curiosidades 23. 10. 2020

Poderão os psicadélicos ser o futuro da terapia?

LSD, psilocibina, ecstasy, ayahuasca. Das happy trips do passado à saúde mental do presente, poderão os psicadélicos ser o futuro da terapia?

Ler mais

Tendências 22. 6. 2020

Vamos distanciar-nos das mensagens tóxicas sobre o nosso corpo?

Piadas sobre comer todos os snacks da quarentena, memes sobre ganhar peso e tweets sobre o “antes e depois” do isolamento. Talvez esteja na altura de nos distanciarmos das mensagens que nos fazem sentir mal em relação ao nosso corpo.

Ler mais

Tendências 9. 4. 2020

Como controlar a utilização das redes sociais em tempos de isolamento

Há uma nova Instagram Stories a cada cinco segundos, há um post novo a cada dois minutos, há informação, há desinformação. Por estes dias os feeds estão sobrecarregados e a pergunta que se levanta é: como é que podemos controlar o tempo que passamos agarrados ao telemóvel?

Ler mais