Atualidade   Guestlist  

A nova coleção da Massimo Dutti celebra a identidade de quem a veste

10 Sep 2020
By Vogue Portugal em colaboração com Massimo Dutti

A passerelle converteu-se num microcosmos pleno de criatividade e inovação para apresentar a nova coleção da Massimo Dutti, onde intemporalidade é o mote e trabalho artesanal são palavras de ordem.

A passerelle converteu-se num microcosmos pleno de criatividade e inovação para apresentar a nova coleção da Massimo Dutti, onde intemporalidade é o mote e trabalho artesanal são palavras de ordem.

Perante os desafios da atualidade, as marcas respondem à crescente tendência de experimentação Do It Yourself (faça você mesmo) entre os consumidores, ressuscitando métodos de produção ancestrais e criando produtos que refletem a arte e o artesanato de outrora. Não basta seguir tendências mainstream, a chave está em criar peças que funcionem como um amplificador de identidade, sejam veículos de autoexpressão e ao mesmo tempo durem no tempo.

Atenta ao que se passa no mundo, a espanhola Massimo Dutti apresenta Movement Study, uma coleção de edição limitada cuja a estética representa a criatividade e a identidade de quem a veste, e que homenageia o trabalho artesanal meticuloso que tem vindo a estar no topo dos interesses de uma nova geração de consumidores cada vez mais informados e exigentes. A coleção feminina escreve um novo capítulo definido por tons subtis e sofisticados, em que menos é mais. Tecidos premium convidam à descoberta e envolvem-nos na nova estação que revela uma clara preferência por uma sobriedade mais versátil. Cumprindo a sua promessa de qualidade, os trabalhos artesanais em malha, de cariz tradicional, são um exemplo atrativo que destaca a individualidade e a aposta séria na excelência. Também a pele entra em cena na sua versão mais maleável e macia ao toque, dando forma a peças que transmitem ao mesmo tempo poder e feminilidade.

Peças que permitem inúmeras combinações, silhuetas definidas, um allure austero onde o preto é a cor por excelência e um contraste cromático obtido com a ajuda do vermelho transformam esta coleção num guarda-roupa cápsula que vamos querer usar on repeat durante os meses mais frios do ano. Loved clothes last é um dado adquirido e a nova coleção da Massimo Dutti é feita para ser amada e estimada, agora e durante muito tempo. 

 

Vogue Portugal em colaboração com Massimo Dutti By Vogue Portugal em colaboração com Massimo Dutti

Relacionados


Palavra da Vogue  

O que lhe reservam os astros para a semana de 26 de setembro a 2 de outubro

26 Sep 2023

Tendências  

As 12 tendências outono/inverno 2023

23 Sep 2023

Moda   Tendências  

Corpo e alma

22 Sep 2023

Atualidade   Moda   Coleções   Tendências  

Dra. Jekyll e Mrs. Hyde: A dualidade da Semana de Moda de Londres

22 Sep 2023