Artigo Anterior

Arte à distância de um clique

Próximo Artigo

Hedi Slimane: as 10 escolhas cinematográficas

Roteiro 16. 4. 2020

Enjoy the ride: os 10 filmes que nos levam a viajar

by Ana Catarina Machado

 

A precisar de uma escapadinha? A Vogue fez as malas e partiu à descoberta dos filmes que nos fazem viajar por este mundo fora.

 Audrey Hepburn em Funny Face, 1957 © IMDb

Se não podes viajar, o cinema encarrega-se de nos trazer todas as viagens e aventuras. De Eat Pray Love, com Julia Roberts, a Funny Face, com Audrey Hepburn, passando ainda por Amélie, com Audrey Tautou, e por Lost in Translation, com Scarlett Johansson, estes são os 10 filmes com paragens em Nova Iorque, Paris, Índia, Tóquio e Barcelona que vamos querer adicionar à nossa wishlist.

Eat Pray Love, 2010


Liz Gilbert (Julia Roberts) é uma mulher que vive uma relação estável, com independência monetária e com um emprego de sonho e sucesso. Um dia, Liz vê vida arrasada por uma crise no casamento, que apesar de ter tudo para ser perfeito, acabou num inesperado divórcio. Posto isto, ela decide deixar o trabalho, a família e os amigos para trás, com o simples objetivo de viver novas aventuras, em lugares diferentes. Falamos de viagens até Itália, Índia e Indonésia, ao longo de 12 meses repletos de culturas e pessoas novas.

Funny Face, 1957 


Dick Avery (Fred Astaire) é um fotógrado de Moda que trabalha para a Quality Magazine. Apesar do seu trabalho e do seu esforço serem bastante reconhecidos, a diretora Maggie Prescott (Kay Thompson) não se vê lá muito satisfeita com os últimos trabalhos na revista. Com o propósito de contornar este obstáculo, o fotógrado decide procurar por um novo rosto que o ajude a salvar a situação da Quality Magazine, encontrando-o assim em Jo Stockton (Audrey Hepburn). Mais tarde, a jovem aceita proposta, uma vez que poderia ter a oportunidade de conhecer um dos seus ídolos. Mas será que as coisas correm como o planeado?

Frances Ha, 2012


Tornar-se bailarina numa academia conceituada de dança em Nova Iorque era o sonho mais antigo e mais desejado de Frances (Greta Gerwig). Independentemente dos esforços que faz diariamente para colocar a sua felicidade em primeiro lugar, e das dificuldades financeiras com que se depara na sua vida adulta, Frances acredita que conseguirá alcançar os seus sonhos, sem perder o otismismo com que leva a vida.

Thelma & Louise, 1991


Thelma (Geena Davis) e Louise (Susan Sarandon) são duas amigas que vivem insatisfeitas com a vida monótoma que levam. Cansadas da rotina, ambas decidem deixar tudo para trás e fazerem-se à estrada em busca da tão desejada liberdade. O que ambas não contavam é que se tornariam fugitivas e, ao mesmo tempo, perseguidas pela morte de um homem que tentou violar Thelma à saída de um bar.

Lost in Translation, 2003


Eis a história de uma amizade inesperada. Charlotte (Scarlett Johansson) é uma jovem que se limita a seguir o marido para todos os lugares que ele vá. Bob (Bill Murray) é uma estrela de cinema que atravessa uma crise de meia-idade. Ambos se encontram num hotel localizado em Tóquio, numa noite em que as insónias deram que falar. Este encontro não só resultou em extraordinárias viagens pela cidade de Tóquio, como na descoberta de novos pontos de vista sobre a vida de cada um.

Vicky, Cristina, Barcelona, 2008

 


Vicky (Rebecca Hall) e Cristina (Scarlett Johansson) são duas amigas que estão de férias por Barcelona. Enquanto que a primeira está noiva e é uma mulher mais racional, a segunda deixa-se levar pelas emoções e procura diariamente novas paixões e experiências. Uma noite, as duas amigas decidem visitar uma galeria de arte, e é neste preciso momento que o pintor Juan Antonio (Javier Bardem) não passa despercebido aos olhos de Cristina. Depois de meter conversa com Vicky e Cristina, o pintor convida-as a passarem o fim de semana com ele, porém, o que ambas não sabiam, é que Juan Antonio mantinha um relacionamento problemático com a sua ex-mulher.

Summertime, 1955


Jane Hudson (Katharine Hepburn) trabalha como secretária e decidde usar todas as suas economias para uma viajem a Veneza, Itália. Apesar de se considerar como uma mulher independente, a mesma sente-se bastantante solitária durante as merecidas férias. No entanto, a verdadeira mudança no seu estado de espírito acontece quando conhece Renato de Rossi (Rossano Brazzi), um italiano atraente e sedutor.

Midsommar, 2019


Dani (Florence Pugh) sofre uma depressão devido a uma tragédia pessoal pela qual passou. O seu namorado Christian (Jack Reynor) fora convidado para um festival em honra do solstício de verão, e Dani faz de tudo para o convencer a partirem juntos para aquela que pensavam ser uma aventura memorável. Porém, os rituais bizarros e os cultos pagãos que aconteciam no festival localizado na Suécia eram tudo aquilo que o casal de namorados menos esperava.

Le mépris, 1963


Camille (Brigitte Bardot) é casada com Paul (Michel Piccoli), um escritor contratado pelo produtor Jeremy (Jack Palance) para escrever um roteiro. Ao longo do filme, o desprezo que Camille sente pelo marido vai aumentado, uma vez que ela pensa que o seu companheiro a tentou vender ao produtor americano. Os dois deixam-se inundar em conflitos e mal entendidos, que acabam por atormentar a relação amorosa.

Amélie, 2001


Amélie (Audrey Tautou) é uma jovem que larga a vida que levava com a família. Decidi deslocar-se até ao bairro boémio Montmartre, localizado na cidade de Paris, e lá começa a trabalhar e a viver. Depois de encontrar uma caixa escondida em casa, Amélie não descansou até descobrir quem era o morador e onde estaria a viver. Quando o descobriu e viu a a reação de Dominique (Maurice Bénichou), o antigo morador, ao reencontrar aquela caixinha, a jovem Amélie percebeu que através de pequenos gestos poderia ajudar as pessoas que a rodeavam. E assim começa a missão de Amélie.

Artigos Relacionados

Tendências 30. 3. 2020

Poderá a crise do coronavírus mudar o cinema para sempre?

Com o despertar da pandemia do Covid-19, as salas de cinema fecharam, as estreias foram adiadas, os festivais foram cancelados e as produções pararam. Como é que a indústria vai recuperar desta crise? E quando sair dela, será totalmente diferente?

Ler mais

Tendências 5. 3. 2020

10 filmes sobre o empoderamento feminino

De Whoopi Goldberg, em A Cor Púrpura, a Meryl Streep, em As Sufragistas, reunimos alguns dos filmes mais inspiradores que enaltecem a paixão e a resiliência de mulheres fortes e independentes.

Ler mais

Notícias 28. 2. 2020

That's all folks: o Cinema depois de Harvey Weinstein

Em outubro de 2017, dois artigos publicados no The New York Times e na New Yorker expuseram uma série de acusações contra Harvey Weinstein, entre elas má conduta, assédio e agressão sexual, e a denúncia de violação por parte de três mulheres. Dois anos depois do despertar dos movimentos #MeToo e Time’s Up, a indústria cinematográfica está diferente. Mas será que mudou assim tanto?

Ler mais

Tendências 6. 2. 2020

Os looks de Beleza mais memoráveis do Cinema

Lábios vermelhos inesquecíveis, pestanas arquitetónicas e cortes de cabelo que nos inspiram ainda hoje. De Moulin Rouge a Pulp Fiction, reunimos os momentos de Beleza mais memoráveis da sétima arte.

Ler mais