Artigo Anterior

A noite do ano

Próximo Artigo

O saco irreverente da Helmut Lang

Notícias 14. 11. 2017

Calendário Pirelli 2018

by Patrícia Domingues

 

Nada é impossível, ensinou-nos Alice no País das Maravilhas, e o calendário Pirelli de 2018 passou das palavras à prática.

”A história da Alice foi contada tantas vezes, mas eu quis chegar à gênese do imaginário de Lewis Carroll para poder recontá-la desde o começo. Queria um enfoque inusitado e diferente”, resume Tim Walker, o fotógrafo por trás das lentes do novo calendário. Com um elenco inteiramente negro de 18 celebridades, a inspiração foi além do conto surrealista de Lewis Carroll e tirou proveito das ilustrações de John Tenniel impressas na primeira edição do livro de 1865 e reinterpretadas para 2018 em 28 imagens. Com styling de Edward Enninful, o novo diretor da Vogue inglesa, e cenografia de Shona Heath, o calendário conta com a participação da modelo Adwoa Aboah, do ator Djimon Hounsou, da ativist Jaha Dukureh e de nomes que dispensam apresentações, como o de Naomi Campbell, RuPaul, Sean Diddy Combs e Whoopi Goldberg, entre muitos outros. 

"Com uma Alice negra, as crianças de qualquer raça, desde pequenas, podem abraçar a ideia da diversidade e compreender que a beleza tem muitas cores diferentes. Vivemos em um mundo culturalmente diversificado. Projetos como este extraordinário Calendário Pirelli demonstram que ainda existe esperança para uma realidade que, a cada dia, aparenta ser mais cínica”, disse Edward Enninful. Num momento em que o mundo parece ter submergido na 'toca do coelho', 2018 chega-nos com a reconfortante mensagem de que o país das maravilhas pode ser como e quando quisermos. 

Leia as entrevistas exclusivas ao elenco e fotógrafo na edição de dezembro da Vogue Portugal, brevemente nas bancas. 

 

 

Coop Chopard