Artigo Anterior

Sete designers que revolucionaram a forma como vemos a Moda

Próximo Artigo

Quando Victoria se tornou Beckham

Curiosidades 27. 6. 2019

The Handmaid’s Tale: entrámos no guarda-roupa da terceira temporada

by Emily Zemler

 

Spoiler alert: conversámos com a responsável pelo guarda-roupa de The Handmaid’s Tale, Natalie Bronfman, sobre a sua visão para esta terceira temporada e de como as capas vermelhas se transformaram num uniforme de protesto.

© Hulu

A cada nova temporada, o universo de The Handmaid’s Tale é expandido, atraindo os espectadores para novas e obscuras camadas da distopia de Margaret Atwood. Nesta terceira temporada - em exibição - as expectativas em relação à narrativa estão mais altas, uma vez que June (interpretada por Elizabeth Moss) está a trabalhar para destruir o sistema repressivo de Gilead. E o guarda-roupa é igualmente importante. 

“Tem sido um enorme desafio,” diz Natalie Bronfman, a nova responsável pelo guarda-roupa da série, enquanto ajeita os sapatos de Ane Crabtree, com quem trabalha desde a primeira temporada. “É raro teres uma série onde quase tudo é feito do zero. Nós não compramos muitas coisas.” Mas, entre as poucas coisas que foram compradas, há cerca de 500 pares de sapatos Aldo e Steven Madden, que foram modificados para se transformarem nas botas das handmaids. Por outro lado, as capas e capotas foram feitas inteiramente à mão - centenas delas, em diferentes tamanhos e forradas para diferentes estações - usando mais de 900 metros de lã, comprada por Bronfman e tingidas até conseguir aquele tom específico de carmesim. 

Mas uma das maiores mudanças desta temporada foi vestir Serena Joy (Yvonne Strahovski). Depois de queimar a sua casa no início da temporada, destruindo todo o seu guarda-roupa, Bronfman introduziu mudanças drásticas no seu visual. 

© Hulu

“O último coordenado que usou é de um azul muito brilhante,” afirma a figurinista sobre a progressão dos coordenados da personagem. “Depois de Joy ter perdido tudo, ela começa a lutar por aquilo que ela quer, e através disso trabalhei com as formas de um tecido depressivo e fluido e transformei-o num visual estruturado e justo ao corpo. Muito ao estilo de uma Jackie Kennedy ou Grace Kelly.” Sobre o coordenado preferido de Serena? “Adoro o power suit que ela usa na celebração de Putnam [no episódio quatro].”

Enquanto os looks de June permanecem consistentes desde as temporadas anteriores, as handmaids de Wahsington estão cada vez mais oprimidas, como nunca antes visto. As bocas estão tapadas com um véu vermelho, inspirado nas toucas de uma freira. O resultado é assustador. 

“A única parte das handmaids que está exposta é a neckline, o que pode ser bastante sensual,” afirma. “Eu queria amordaçar as handmaids. O véu é colocado debaixo do nariz, porque lhes permite atuar com o nariz e os olhos. Já na parte detrás, coloco uns ganchos gigantes que têm um fecho secundário para o caso de caírem - o que não pode acontecer. A dicotomia de um tecido leve e uns ganchos pesados é muito assustadora.” 

As imagens do episódio de Washington, D.C (o sexto desta temporada) foram reveladas durante as filmagens, o que mostrou um grande grupo de handmaids alinhadas em frente ao monumento norte-americano. As fotografias são parecidas com as mulheres da vida real, que usam as roupas da série para protestar contra legislações e políticas sexistas em todo o mundo. 

© Hulu

“É difícil ignorar um mar de vermelho,” diz-nos Bronfman sobre os protestos. “Faz com que tomes uma decisão. Essas mulheres são uma inspiração e estão a lutar pelos direitos femininos, não apenas no nosso país (EUA), mas em muitos outros onde as coisas ainda não são iguais. Recebo e-mails de mulheres de diferentes países que me dizem: ‘obrigado por nos dar uma coisa que podemos usar e sentirmo-nos fortes.’ É um exercito feminino. Não é preciso ler ou escrever para perceber isso.”

 

Artigos Relacionados

Agenda 14. 3. 2019

Tudo o que precisa de saber sobre a última temporada de Game of Thrones

A um mês da estreia televisiva mais aguardada do ano, reunimos tudo o que precisa de saber sobre a oitava e última temporada de Game of Thrones.

Ler mais

Agenda 9. 8. 2018

They’re Maniac

O que acontece quando um teste farmacêutico não tem os efeitos pretendidos? A resposta está na nova produção da plataforma de streaming, Netflix.

Ler mais

Curiosidades 8. 8. 2018

Os 15 anos de The O.C. em 15 curiosidades

Corria o ano de 2003. Diretamente de Newport Beach, Orange County, no estado da Califórnia, chegava uma das séries mais emblemáticas do milénio. Quinze anos depois, o nosso desejo de viajar de carro pela Pacific Coast Highway ao som de California 2005 dos Phantom Planet não mudou. E é tudo graças a The O.C..

Ler mais

Tendências 6. 7. 2018

Sharp Objects: o lado soturno da raiva feminina

É a próxima grande estreia da HBO, tem Amy Adams ao leme (enquanto protagonista e produtora executiva) e estreia, nos Estados Unidos da América, a 8 de julho de 2018. Esta é a série com potencial para se transformar na próxima obsessão de verão.

Ler mais

Este website utiliza cookies. Saiba mais sobre a nossa política de cookies.   OK