Artigo Anterior

Sweet Margarita | Rolo de merengue com creme de mascarpone e framboesas

Próximo Artigo

Abram alas: agora, Sónia Balacó também é Queen of Gaya

Vídeos 29. 1. 2019

Stella Maxwell: do outro lado do espelho

by Irina Chitas

 

Ser modelo é viver do espelho, é fragmentar a alma em tantos pedaços milimetricamente iguais que o todo já não existe sem reflexo. Este é o vídeo da fragmentação de Stella Maxwell.


Styling de Cláudia Barros.

"Antes da chegada a Lisboa, Stella Maxwell já se fazia antecipar com uma pequena lista de restrições. Seria expressamente proibido fotografá-la ou filmá-la sem que cabelo e maquilhagem estivessem prontos, o que impossibilitaria qualquer tipo de cobertura mediática da sua chegada ao aeroporto Humberto Delgado. Era sábado de manhã, a cidade tapava-se com um cobertor de nuvens de novembro molhado e avisavanos que a gala dos GQ Men of the Year ia contar com chapéus de chuva como acessório obrigatório.

Enquanto esperávamos pelo voo atrasado, começámos a pensar nas tais restrições: é compreensível que, depois de uma travessia intercontinental, em que o sono é intermitente se for, sequer, existente, não apeteça a nenhuma alma levar com flashadas na cara. É possível que os olhos estejam quase fechados, a pele desidratada, o cabelo desalinhado e, com um desfile da Victoria’s Secret, mais after party, mais dias a fotografar campanhas da marca há menos de uma semana, a paciência e a generosidade sejam tão abundantes como Coca‑Colas no deserto. É enquanto estamos neste rol de pensamentos complacentes que vamos listando para fazer tempo que Stella aparece.

Não é muito difícil detetá-la: o seu metro e 78 vem todo vestido de branco – crop top, puff jacket, calças de fato de treino em algodão Adidas e ténis –, não fosse pelos clássicos Wayfarer da Ray-Ban e a mala em pele negra, resultado da sua colaboração com a The Kooples. O cabelo loiro enrola-se pelos ombros e vai descendo até meio das costas, e a modelo quase sorri quando nos estica a mão e diz, “Hi, I’m Stella”. Nós sabemos."

Este é um excerto do perfil a Stella Maxwell que pode ler na íntegra na edição de fevereiro da Vogue, já nas bancas. Depois deste primeiro encontro ainda estivemos com a modelo na gala da GQ, sentámo-nos com ela para uma entrevista e observámo-la enquanto se movia para as câmeras. Sim, câmeras, no plural: afinal falamos da que a imortalizou em fotografias (para ver também na Vogue de fevereiro), mas também da que a retratou num vídeo, para ver, sem mais demoras, acima.

  

Artigos Relacionados

Vídeos 20. 11. 2018

GQ MotY 2018: as vozes no feminino

Não é só de conquistas no masculino que se faz uma cerimónia dos Homens do Ano. Estas são as vozes que provam que o caminho, seja ele qual for, se traça em qualquer um dos géneros

Ler mais

Pessoas 18. 11. 2018

Stella Maxwell: Getting ready GQ MotY 2018

A história de quando um anjo desceu a Lisboa.

Ler mais

Coleções 9. 11. 2018

Victoria’s Secret 2018 | Fashion Show

Victoria’s Secret e os seus Anjos aterraram em Nova Iorque, na noite de 08 de novembro, para mais um desfile que contou com a pompa e circunstância a que a marca de lingerie norte-americana tem habituado os seus seguidores.

Ler mais

Pessoas 8. 11. 2018

Victoria’s Secret 2018: os bastidores

Os Anjos aterraram em Nova Iorque para o desfile deste ano da icónica marca de lingerie.

Ler mais

Este website utiliza cookies. Saiba mais sobre a nossa política de cookies.   OK