Artigo Anterior

Debaixo de olho

Próximo Artigo

Cherry Blossom

Palavra da Vogue 9. 3. 2018

O que esperar de Riccardo Tisci na Burberry

by Rui Matos

 

Na maison francesa Givenchy, o designer italiano fez história pela sua irreverência. Transformou a marca numa das favoritas das celebridades e da indústria.

@ via instagram.com/riccardotisci17

Com o anúncio de Tisci na marca de luxo britânica, o preço das ações subiram para 5%, mas a questão que não nos sai da cabeça é: o que é que isso significa para uma marca como a Burberry?

Há 12 anos, quando entrou pela primeira vez nos escritórios da Givenchy, ninguém sabia o que esperar da visão artística de Riccardo, o italiano que se licenciou, em 1999, na Central Saint Martins, em Londres. Ao longo dos anos, vimos a transformação à frente dos nossos olhos: coordenados fortes, com influências góticas, sem esquecer a grande dose de sensualidade que foi acrescentando a cada peça de roupa.

As suas inspirações juntavam na mesma coleção a fusão entre a Alta-Costura e o street wear, sem esquecer as inspirações católicas italianas, a sua terra natal. Uma vez mais, é difícil prever aquilo que vai acontecer quando, em setembro de 2018, mostrar a primeira coleção para a Burberry.

Nas últimas apresentações, Christopher Bailey, que ficou durante 17 anos à frente da marca britânica, apostou em .i mais jovens, com vista a criar coleções para as novas gerações. Colaborou com Gosha Rubchinskiy e dedicou-se a criar coordenados para a Moda de rua.

Marco Gobbetti, atual CEO na Burberry (e que já trabalhou com Riccardo Tisci na Givenchy) reforçou que, entre as qualidades do designer italiano, a capacidade de Tisci criar roupa que se misture entre o high fashion e o streetwear era uma das suas vertentes mais fortes. Esta revelação por parte de Gobbetti pode dizer muito sobre o futuro da marca, mas, claro, não passam de meras suposições. O melhor mesmo é aguardar para ver.

Voltamos no tempo e mergulhamos no arquivo de Riccardo Tisci, enquanto diretor criativo na Ginvenchy, para perceber como poderá ser o futuro da Burberry. 

Streetwear de luxo

@ Getty Images

Tisci tem um dom natural para perceber o que é que as gerações mais novas estão a usar e isso é uma ferramenta muito importante quando se está à frente de uma marca com um poder global tão alto como a Burberry. Misturar peças que diariamente vemos na rua com vestidos elaborados é uma das suas melhores qualidades.

Diversidade

Givenchy, outono/inverno 2010

Na sua segunda apresentação de Alta-Costura, o designer decidiu abrir o desfile com modelos negras, entre elas Liya Kebede e Naomi Campbell. Lançou carreiras de nomes como Joan Smalls, Lakshmi Mendon ou Jourdan Dunn. Deu oportunidade a Kendall Jenner de desfilar pela primeira vez em Paris. Sem esquecer que colocou Léa T, uma modelo transgénero, na campanha de outono/inverno de 2010.

O favorito das celebridades

© Getty Images

As primeiras filas dos próximos desfiles da Burberry vão contar com nomes como Madonna, o clã Kardashian, Kanye West, Rihanna, Courtney Love, Nicki Minaj, Marina Abramovic, Beyoncé ou Jay Z, amigos de Riccardo Tisci.

Uma nova era no legado Burberry

@ Getty Images

Enquanto esteve na Givenchy deixou-se levar pelas inspirações góticas e românticas dos tempos passados, o que o levou a criar vestido estruturados e com um trabalho de costura refinado. Apesar de ter afirmado que tem uma grande admiração pelo legado da Burberry, todos sabemos (e estamos desejosos) para assistir a uma nova era.

Redes sociais, para que vos quero

 

To be,or not to be? #museebourdelle #cristobalbalenciaga #black

Uma publicação partilhada por Riccardo Tisci (@riccardotisci17) a

Muito antes de existir o #Squad de Taylor Swift,  o #Gang de Riccardo Tisci já fazia furor um pouco por toda a rede global. Tem cerca de 2 milhões de seguidores e isso é uma janela aberta para alcançar novos públicos, seguidores e até mesmo compradores.

Artigos Relacionados

Notícias 1. 3. 2018

Riccardo Tisci, o novo diretor criativo da Burberry

O anúncio foi feito esta manhã, 1 de março, através da sua conta oficial de Instagram, confirmando Tisci como substituto de Christopher Bailey.

Ler mais

Notícias 10. 11. 2017

Met Gala 2018: Moda e religião

O tema da próxima gala já foi revelado.

Ler mais

Coleções 12. 10. 2017

NikeLab x Riccardo Tisci

O designer italiano juntou-se à NikeLab para uma coleção que eleva o sportswear à categoria de luxo.

Ler mais

Curiosidades 14. 9. 2017

As musas dos designers de Moda

O que é que Sofia Coppola, Tilda Swinton, Irina Shayk ou Naomi Campbell têm em comum? São as preferidas de alguns dos designers mais reconhecidos da indústria.

Ler mais

Este website utiliza cookies. Saiba mais sobre a nossa política de cookies.   OK