13 reasons why: solares minerais
Artigo Anterior

Passatempo | OndadeMar - Exotikangels Swimwear

Próximo Artigo

Sabores com história

Guestlist 30. 7. 2018

13 reasons why: solares minerais

 

As razões para usar protetores solares minerais são várias e os 13 produtos que selecionámos para suportar os argumentos selam a sentença do porquê usar filtros físicos.

Vogue, 1959 © Condé Nast Archive

A proteção mineral é um tipo de filtro solar físico para salvaguardar a sua pele dos malefícios dos raios ultravioletas. Ao contrário dos homólogos sintéticos, que permitem que os raios solares penetrem na pele (os UV que penetram na pele são é depois transformados pelos químicos), os protetores minerais - compostos por minerais como o dióxido de titânio e o óxido de zinco – atuam como um espelho e refletem e dispersam os raios solares, criando uma película "fisica" na pele mais segura.

Aliás, este género de cremes sempre foram conhecidos pela textura pastosa que se espalhava na pele criando uma camada espessa e branca, pouco atrativa para quem quer proteção, mas não gritá-lo ao mundo. Maioritariamente usados por quem manifestava maior sensibilidade ao sol, estes filtros evoluiram para fórmulas mais leves e de aplicação mais fácil, retirando-os de um nicho para competir lado a lado com os concorrentes sintéticos.

A função refletora desta opção - cujo efeito é imediato, não tem de esperar 30 minutos que atue na pele, que é o que acontece com as versões não-minerais - permite uma maior proteção contra os raios solares visíveis, ultravioleta e radiação infravermelha, evitando que penetrem na pele, prevenindo não só o envelhecimento precoce como também contribuindo para diminuir o risco de doenças relacionadas com a exposição solar. A sua componente natural no que a ingredientes diz respeito significa ainda que são aconselháveis a grávidas, pessoas com pele intolerante e muito reativa, crianças e até a quem fez peelings recentemente.

Se ainda não esperimentou esta vertente de solares, não vale a pena deixar para 2019 o que pode fazer já no verão deste ano: a secção de protetores minerais da Notino é uma ótima morada para escolher um que se adeque ao seu estilo de vida balnear. A Vogue Portugal dá uma ajuda e faz a pré-seleção com os 13 argumentos na galeria, com foco nos fatores de proteção mais elevado.

Para verificar o tipo de proteção num produto solar, espreite o rótulo e respetiva lista de ingredientes, que deve estar bem explícita: por lá, deve encontrar o dióxido de titânio e o óxido de zinco - são os mais usados pela sua eficácia e, além disso, são foto-estáveis e não reagem com outros compostos. O dióxido de titânio protege eficazmente dos UVB e UVAII, enquanto o óxido de zinco protege principalmente dos UVAI e UVAII, por isso os componentes são usados em conjunto pela sua ação complementar.

Este website utiliza cookies. Saiba mais sobre a nossa política de cookies.   OK