Artigo Anterior

Porque é que Sharon Tate (também) devia ser lembrada como um ícone de estilo

Próximo Artigo

Dos pés para as mãos, cortesia de Christian Louboutin

Pessoas 18. 6. 2019

Jonathan Van Ness em cinco curiosidades

by Vogue Portugal

 

O grooming expert da série da Netflix Queer Eye e apresentador do podcast Getting Curious with Jonathan Van Ness é também patinador artístico nas horas vagas, yogini manhã sim, manhã sim e um acérrimo defensor dos direitos da comunidade LGBTQI+ segundo após segundo. Eis outras curiosidades que tem de saber sobre Jonathan Van Ness.


Jonathan Van Ness para Essie © D.R

Podemos dizer muitas coisas sobre Jonathan Van Ness: que é a personificação da hashtag #hairgoals, com o seu cabelo sedoso, brilhante e sempre cuidado; que tem uma voz ativa e bem audível na luta contra a homofobia, a discriminação e o preconceito, dos quais já foi vítima; que é dotado de um sentido de humor contagiante, conseguindo arrancar um riso mesmo à pessoa mais carrancuda; que a sua filosofia de beleza deveria ser elevada a mandamento universal — “para mim, a beleza é sobre facilitar o relacionamento que tens contigo”, revelou à Vogue britânica.

Off the record, também podemos dizer que ele é a principal razão pela qual assistimos a todos os episódios da série da Netflix Queer Eye, lançada em fevereiro de 2018. Foi graças a este reboot mais diverso do programa Queer Eye for the Straight Guy, um reality show emitido na televisão norte-americana entre 2003 e 2007 que acompanhava as mudanças de visual de homens heterossexuais, que o hairstylist e grooming expert Jonathan Van Ness, a par com os outros quatro apresentadores Antoni Porowski, Tan France, Karamo Brown e Bobby Berk, se tornou num Fab Five. E achava ele que não iria ser escolhido… “Durante o processo [de casting], nunca achei que pudesse vir a ser selecionado”, confessou numa entrevista ao site Into the Gloss. Três temporadas depois (fala-se que há uma quarta a caminho), Jonathan Van Ness continua a sentir-se realizado de cada vez que ajuda alguém a ser a melhor versão de si mesmo, seja através de um novo corte de cabelo, seja com uma mensagem encorajadora publicada na legenda de uma fotografia no Instagram, onde soma mais de 3 milhões de seguidores. 


Nas redes sociais e fora delas, JVN (como por vezes é chamado) fala sobre os temas que mais lhe são próximos, como os direitos da comunidade LGBTQI+, a paixão pela patinagem artística, a dedicação ao yoga e o poder transformador de um self-care sunday. No mês em que foi anunciado como o novo embaixador da Essie — algo inédito na história da marca de vernizes, que sempre fora representada por pessoas do sexo feminino —, reunimos cinco curiosidades sobre este hairstylist a tempo inteiro que é também apresentador do podcast Getting Curious with Jonathan Van Ness, patinador artístico nas horas vagas e yogini manhã sim, manhã sim.

1. Esteve nomeado para um Emmy do Primetime por Gay of Thrones

Não, não nos enganámos a escrever: queremos mesmo falar sobre Gay of Thrones. Muito antes de Queer Eye, já Jonathan Van Ness dava cartas no mundo do entretenimento com esta websérie lançada em 2013 no canal de Youtube Funny or Die. Nela, Van Ness dá vida à expressão "conversas de cabeleireiro" e vai cortando o cabelo a diferentes pessoas enquanto comenta e recapitula, entre gargalhadas, os episódios de Game of Thrones. Esta série esteve nomeada para o Emmy do Primetime na categoria Outstanding Short Form Variety Series em 2016 e 2018. 

 

 
 
 
Ver esta publicação no Instagram

Smile bish it Friday! ? @gavinbondphotography #queereye #grooming #selflove #menswear

Uma publicação partilhada por Jonathan Van Ness (@jvn) a

2. Cindy Crawford é a sua grande referência de beleza

Em entrevista à Vogue britânica, Jonathan Van Ness revelou que a supermodelo nascida no estado de Illionois é a sua maior inspiração quando se fala de beleza. "Juntamente com todas as patinadoras artísticas", acrescentou. Van Ness é especialmente fã de Michelle Kwan, uma referência na modalidade e detentora de duas medalhas olímpicas (a prata, em 1998, e o bronze, em 2002). 

3. Define-se como uma pessoa não binária

Jonathan Van Ness não se identifica com o género masculino nem feminino. "Quanto mais velho fico, mais acho que sou não binário — não estou em conformidade com o género. Há dias em que me sinto como um homem, e tenho dias em que me sinto como uma mulher", esclareceu no início de junho numa entrevista à Out Magazine. Deste modo, dar a cara por uma marca como a Essie configura-se como uma oportunidade para "quebrar os estereótipos da binariedade". "No final do dia, somos pessoas e estamos todos a lutar pela vida, pelas liberdades e pela busca da felicidade... Esse espaço onde podemos criar essa conexão e quebrar essa ideia de que só os homens fazem certas coisas e de que as mulheres fazem somente outras coisas é realmente importante para todos", acrescentou, em declaraçoes ao site Refinery 29.

 

4. Nem sempre teve o cabelo longo

Quando o conhecemos em 2013 através de Gay of Thrones já Jonathan Van Ness tinha um cabelo lustroso pelo comprimento dos ombros. Mas nem sempre foi assim. "Em 2012 cortei-o a sério. Fi-lo porque, por ter os cabelos compridos, estava a sofrer muita rejeição por parte de gays. Eu tinha uns 25 anos e tinha acabado de terminar o meu primeiro relacionamento. Mas assim que cortei o cabelo eu fiquei tipo "Oh meu Deus! Eu sou uma pessoa de cabelo comprido! Nunca mais vou mudar quem sou para [agradar a] outra pessoa'", recordou, em entrevista à Dazed.

5. Não negligencia os actos de amor-próprio

Para Jonathan Van Ness, fazer uma manicure e ir ao cinema são importantes atos de amor-próprio. "Bloquear aquela pessoa no Instagram e não pensar mais no assunto" também, disse à InStyle. "Mostra, a ti mesmo, que mereces esse tempo para ti."

 

Keywords

LGBTQI+ Queer Eye

Artigos Relacionados

Entrevistas 30. 5. 2019

Ericka Hart: "Os negros são forçados a ser ativistas devido a tudo o que temos de suportar"

Quando Ericka Hart nasceu, nasceu ativista. Não saiu literalmente do útero com um punho em riste, mas nasceu negra, queer, sagitariana, com todas as perguntas entaladas na garganta e uma sede de perceber o mundo.

Ler mais

Entrevistas 21. 5. 2019

Taron Egerton explica como se transformou em Elton John

Com a estreia de Rocketman agendada para o próximo dia 30 de maio nas salas de cinema portuguesas, Taron Egerton contou-nos como é que se preparou para interpretar Elton John e ainda qual foi a peça de roupa do filme que pôde guardar.

Ler mais

Pessoas 17. 5. 2019

Lizzo: cinco factos que tem de saber sobre a cantora norte-americana

A sonoridade energética de Lizzo une-se a uma voz poderosa que canta o que sente. O resultado são músicas com letras igualmente poderosas.

Ler mais

Entrevistas 16. 5. 2019

Fruta, arte e sexo estão mais próximos

Stephanie Sarley é a cereja no topo da nossa timeline de Instagram. A artista, que se move entre o virtual e o real, enfia o pé na jaca, a mão e tudo o que possa dialogar com o nosso imaginário de masturbação.

Ler mais

Este website utiliza cookies. Saiba mais sobre a nossa política de cookies.   OK