Artigo Anterior

O que esperar da Semana de Moda de Nova Iorque

Próximo Artigo

A LVMH vai abrir um parque de diversões em Paris

Notícias 7. 9. 2017

Gucci, Louis Vuitton e Dior dizem não às modelos demasiado magras

by Mónica Silva

 

Os grupos LVMH e Kering, que englobam o grande número de marcas luxuosas, pretende mudar os atuais padrões da indústria, pondo fim à contratação de modelos demasiado magras. 

 

A segurança e a proteção das modelos não é um problema de hoje. Há muito que se debate, e aos poucos vamos vendo mudanças na indústria. Neste seguimento, a LVMH é um dos grupos que introduz novas regras para garantir o bem-estar de quem dá a cara e o corpo às suas coleções. 

A contratação de modelos abaixo do tamanho 34 não será permitida. E para os homens, o tamanho 44 passará a ser o mínimo. Modelos com idades inferiores a 16 anos não podem participar em campanhas de vestuário para adultos. 

E, como o cuidado não pode ser apenas físico, as modelos também terão que passar por testes psicológicos e apresentar um certificado médico em como podem seguir esta carreira. 

“Temos a responsabilidade de construir novos padrões para a moda”, afirma Antoine Arnault, um dos diretores da LVMH, na esperança que outras marcas possam seguir o exemplo. 

Este website utiliza cookies. Saiba mais sobre a nossa política de cookies.   OK