Artigo Anterior

Biblioteca visual

Próximo Artigo

Como se vestem as palavras?

Sidekicks for the Win!

Tendências 28. 7. 2017

by Catarina D'Oliveira

 

Os verdadeiros heróis são maiores do que a vida, mas, ocasionalmente, os seus mais fieis companheiros roubam-lhes as luzes da ribalta.

É a manteiga para o pão dos heróis e chegou para conquistar: o sidekick tem um papel essencial na configuração do Cinema moderno, e independentemente da sua função narrativa – ser o comic relief, o melhor amigo, o assistente, a voz da razão ou o contraponto – a sua missão é apenas uma: apoiar o protagonista e exaltar as suas melhores características.

Surgindo em todas as formas, tamanhos e manifestações, e servindo simultaneamente como justaposição e complemento da personagem principal para enriquecer a narrativa e tornar os procedimentos mais interessantes para a audiência, o sidekick é, portanto um elemento cinematográfico que deve ser reverenciado.

Em honra dos Minions que acompanham uma vez mais o seu líder maléfico em Gru o Maldisposto 3 que chega esta semana às salas de Cinema, recordamos 10 dos mais memoráveis sidekicks nascidos no Cinema.

Samwise Gamgee (de O Senhor dos Anéis)

Dificilmente existiu um sidekick mais leal ou dedicado do que o pequeno hobbitSamwise Gamgee (Sean Astin) da trilogia de O Senhor dos Anéis. Inabalável no seu otimismo, incorruptível, corajoso, firme e quase desvairadamente perseverante, perante todos e quaisquer obstáculos no caminho, Sam recusa-se a deixar Frodo (Elijah Wood) perder-se – geográfica ou mentalmente – ou caminhar até Mordor sozinho, mesmo depois de a Irmandade do Anel ser dramaticamente separada. Nas palavras do autor J. R. R. Tolkien, Sam é o verdadeiro herói da saga, em virtude da sua honra, modéstia e sacrifício. Quem tem um Sam destes, tem tudo.

Groot (de Guardiões da Galáxia)

Bizarro, musical e deliciosamente excêntrico, Guardiões da Galáxia foi a lufada de ar fresco que provou que a Marvel Studios ainda era capaz de produzir material genialmente original. Habitado por um sem-número de personagens únicas que mereciam o seu próprio spin-off nenhum dos companheiros de aventuras de Peter Quill (aka Starlord) se tornou tão icónico como o gigante, bondoso e monossilábico Groot (com voz de Vin Diesel). Com uma natureza gentil e absolutamente altruísta, Groot revelou-se o mestre de dança que todos gostaríamos de ter a nosso lado no copioso desenrolar da eclética banda sonora da vida.

Hit­-Girl (de Kick-Ass – O Novo Super-Herói)

É preciso cautelas redobradas se vamos referir a Hit­-Girl como uma mera sidekick, porque arriscamo-nos a levar uma lambada na cara. Kick-Ass foi uma das mais frescas e agradáveis surpresas da Sétima Arte em 2010 virando do avesso as convenções tradicionais dos filmes de super-heróis. Com uma indumentária cosida à medida e tantos instrumentos de violência quantos se consiga imaginar, a Hit­-Girl de Chloë Grace Moretz foi tão tenaz e carismática que houve quem dissesse que roubou o filme ao protagonista. E não podemos dizer que seja totalmente mentira. 

Ron & Hermione (de Harry Potter)

A adolescência é sempre um período problemático no decorrer do desenvolvimento humano, mas podemos dizer com certeza que a puberdade no maravilhoso mundo da feitiçaria pode ser realmente... bárbara. Interpretando funções manifestamente diferentes – um é o desajeitado, mas leal comic relief e outro é o lado mais inteligente e racional da equação –, os melhores amigos do Rapaz que Sobreviveu foram quase tão essenciais para tornar Harry Potter uma das sagas infanto-juvenis mais importantes da história como o próprio protagonista e, neste caso, meus amigos, isso não é dizer pouco! Um herói é pouco, dois é bom e três... é melhor ainda!

Wilson (de O Náufrago)

Depois de um terrível acidente de onde emerge como único sobrevivente, Chuck Noland (Tom Hanks) vê-se bruscamente enquadrado num cenário idílico, mas inóspito de uma ilha deserta que terá de passar a chamar casa até conseguir encontrar uma maneira de lá sair para regressar aos braços dos que ama. Evidentemente, a sua excecional situação de solidão extrema não propicia exatamente grandes oportunidades de socialização ou networking, razão pela qual o seu sidekick acaba por se revelar um dos mais determinantes na História do Cinema. Um ouvinte sem igual, cuja mera presença e lealdade inspira Chuck a deslindar uma engenhosa forma de escapar à ilha, Wilson é o único objeto inanimado desta lista e a sua crucial relevância transpôs-se da ficção para o mundo real: depois de sete anos consecutivos a perder dinheiro, a Wilson Sporting Goods voltou finalmente a ser lucrativa! O Wilson é um bom companheiro, o Wilson é um bom companheiro... ninguém pode negar!

Dug (de Up – Altamente!)

A Disney sempre foi capaz de produzir personagens – principais ou secundárias – verdadeiramente memoráveis e inesquecíveis e, felizmente, não guardou a fórmula secreta só para si tendo-a passado orgulhosamente ao incontornável filho­-prodígio: a Pixar. Naquele que é geralmente considerado o Melhor Filme da gigante de animação (e o único a estar nomeado para o Óscar de Melhor Filme, além de A Bela e o Monstro), Up – Altamente deu-nos a overdose de sentimentos bonitos que precisávamos para voltar a sorrir face a qualquer contratempo, e Dug é um dos grandes responsáveis: o gorducho e bondoso Golden Retriever que consegue verbalizar os seus pensamentos é um golpe de génio criativo e, está cientificamente provado, é 100% irresistível. Ok... não está provado, mas, a sério, alguém duvida? Esquilo! 

Sam (de Casablanca)

A provar que não é só o Cinema contemporâneo que sabe produzir compadres prontos a mover mundos e fundos pelos seus heróis, Casablanca oferece-nos o sidekick clássico por que todos os outros se regem. Caloroso e compreensível, Sam (Dooley Wilson) é, aparentemente, a única pessoa capaz de chegar verdadeiramente a Rick (Humphrey Bogart) – especialmente quando a afinidade com as bebidas alcoólicas lhe leva a melhor. E se achava que Casablanca versava sobre o romance proibido entre o dono de um clube noturno e uma fugitiva da II Grande Guerra, pense de novo – o bromance está no ar!

Walter Sobchak (de O Grande Lebowski)

Entramos diretamente em terreno pantanoso quando tentamos rivalizar a proeminência de qualquer personagem de O Grande Lebowski com o inolvidável The Dude (Jeff Bridges). No entanto, se há companheiro que ameaça elevar-se ao nível do icónico protagonista essa personagem é inequivocamente Walter Sobchack, interpretado com extremismo e dedicação por John Goodman – que aliás já é um habitué nestes assuntos de suplantar a relevância dos protagonistas. Desagradável, mordaz e hilariante em igual medida, Walter precisa nitidamente de umas sessões de controlo de raiva, mas é o Yang perfeito do Yin relaxado de Dude.

Dory (de À Procura de Nemo)

À Procura de Nemo é um dos filmes mais populares do cânone da Disney-Pixar, mas apesar de abordar o drama familiar de um pai peixe­-palhaço que perde o filho na imensidão do oceano, a verdadeira estrela da companhia é um cirurgião-patela com graves problemas de memória que rouba todas as cenas que protagoniza. Otimista e infecciosamente divertida, Dory (com voz de Ellen DeGeneres na versão original e Rita Blanco na versão portuguesa) é extremamente amigável e preocupada com a situação atual dos seus novos amigos... pelo menos, enquanto se lembra deles. 

Chewbacca (de Star Wars)

Há companheiro mais expedito do que um contrabandista de dois metros que parece uma carpete andante ininteligível e que apenas você e uma mão-cheia de droides consegue compreender? Bem nos parecia que não! Tão bem-dotado de acessórios práticos no combate intergaláctico como destemido, forte e leal, Chewie é facilmente um dos sidekicks mais adorados do Cinema.

MENÇÕES HONROSAS

Goose (de Top Gun – Ases Indomáveis)
Silent Bob (de Clerks)
Dr. Watson (de Sherlock Holmes)
Short Round (de Indiana Jones e o Templo Perdido)
Spock (de Star Trek

 

Artigos Relacionados

Tendências 30. 8. 2017

7 Filmes obrigatórios do Festival Internacional de Cinema de Veneza 2017

Darren Aronofsky, Jennifer Lawrence, George Clooney, Guillermo del Toro e Abdellatif Kechiche vão estar em destaque na Biennale.

Ler mais

Tendências 16. 8. 2017

Regresso aos 80’s em 30 Filmes

A propósito da visita ao passado do novo filme de Richard Linklater aproveitamos para relembrar néons, calças de cintura alta, materialismo consumido, Michael Jackson, Madonna e uma década de cinema simplificado para o grande público.

Ler mais

Tendências 9. 8. 2017

10 Heroínas Modernas que provam que o lugar da Mulher é no centro da Ação

Com Atomic Blonde – Agente Especial prestes a chegar às salas, olhamos para as heroínas que abriram caminho à emancipação cinematográfica da Mulher no género de Ação.

Ler mais

Tendências 13. 7. 2017

6 Reboots que fizeram história

Reimaginar um universo cinematográfico nem sempre é fácil – como o comprovam centenas de exemplos falhados na história do Cinema... mas há quem o tenha feito (muito) bem!

Ler mais

Tendências 5. 7. 2017

10 Filmes de Culto dos Anos 90 que também são Bíblias de Moda

Damos as boas-vindas à nostalgia e revisitamos alguns dos mais importantes clássicos de culto que marcaram o mundo da Moda nos anos 90.

Ler mais

Tendências 3. 7. 2017

15 Filmes de Terror Visualmente Assombrosos

Num género geralmente percebido como hediondo e repulsivo por natureza, observamos 15 pérolas cinematográficas que provam que existe beleza autêntica na escuridão da malvadez.

Ler mais