COS no Museu Guggenheim


A relação entre a COS e a exposição de Agnes Martin que patrocina não é evidente, mas explica-se no processo criativo.

COS no Museu Guggenheim


A relação entre a COS e a exposição de Agnes Martin que patrocina não é evidente, mas explica-se no processo criativo.
19 Out 2016 • 15 49 H

De 7 de outubro a 11 de janeiro, o Museu Solomon R. Guggenheim vai receber uma exposição que é também uma retrospetiva da pintora Agnes Martin (1912-2004). Martin ficou inscrita no mundo da arte pelas suas telas subtis e evocativas, que apresentam pinceladas delicadas em linha e grelha.


Esta exposição inclui pinturas, desenhos, serigrafias e esculturas que preenchem as paredes da espiral do Guggenheim, numa celebração da sua obra. A partir daqui se faz a ponte com a COS. Focada na expressão da inocência, felicidade e beleza, a obra de Agnes Martin serviu de inspiração para a equipa da marca de Moda durante vários anos, como justifica Karin Gustafsson, diretora criativa da marca. "A incrível riqueza e tatilidade da sua obra tem-nos inspirado desde sempre, desde os tecidos ao design; o uso de cor súbtil e a dedicação à sua técnica e estilo, transporta para o nível do extraordinário o que, aparentemente, poderiam ser apenas simples linhas e quadrículas", define Martin.


A celebração de um dos grandes nomes do século XX não se esgota numa exposição e a COS quis fazer uma homenagem mais pessoal, com a criação de uma coleção-cápsula. Com base nas construções geométricas, a equipa da marca sueca criou um conjunto de estampagens num total de 12 peças, tanto para a coleção masculina como feminina.


A coleção está disponível online e nas lojas de todo o mundo, sendo uma percentagem das vendas doada à Agnes Martin Foundation.

pub
Faltam 300 caracteres
pub
pub
topo