O Sushi do manifesto

O Sushi do manifesto

07 Jul 2011 • 17 41 H



















Começou por ser um projecto diferente, mas hoje é a maior Peisheirada de Lisboa. Mas ao contrário do que imagina, aqui, se houver gritos, é de alegria - pela excelente relação qualidade preço.



Uma boa Saída de Emergência à altura dos dias que correm, num espaço descontraído e que muito elogia a palavra despretensão.


Escondido numa das travessas que irradiam o Largo do Rato, a Peisheirada destaca-se na cidade por se intitular como a primeira tasca de sushi. Dizem eles e dizem bem: o espaço assim o dita, com paredes de azulejo e direito a televisão (felizmente sem som). Estranha para quem aprecia bons conceitos estéticos, a ideia é salva pelo desejo de encontrarem um modelo mais vintage, que tanto procuram para um ambiente que se pretende divertido, num dos espaços mais vernáculos e corriqueiros da cidade.


Mas há mais. Aqui, provoca-se a interactividade dos amantes do peixe cru, com um convite à expressividade pela partilha das palavras entre paredes de azulejos brancos. Dizeres castiços, provérbios e manifestos pela mão dos clientes, que por lá vão passando, animam os azulejos. ‘Artistas de rua, povo e burguesia’ são assim convidados a uma das mais divertidas cartas de sushi lisboeta. Entre temakis, sushis e nigiris, há ainda gyosas de frango e legumes, bem guarnecidos com cenouras em forma de borboleta, ou salada Tobiko com salmão, ovas em papel de arroz que fazem acontecer um dos sushi’s mais originais e menos calóricos da cidade. A culpa, essa é sempre do sushi men, uma muito simpática e talentosa prata da casa, num serviço que, por vezes demorado, é compensado pela doçura.


‘Inspirada nas ruas de Lisboa, nos seus habitantes, nos seus hábitos e nas suas tradições, as paredes falam como as varinas e a tasca assume o palavreado castiço dos becos e travessas, de bairros que sobem e descem as colinas de Lisboa ‘. Sempre pelo poder de palavras criativas e emocionantes que fazem da cidade, um tranquilo espaço de manifesto, genialmente precioso nos dias que correm.


Peisheirada
Calçada Bento Rocha Cabral, 4 Lisboa
Tel. 211 538 251
www.peisheirada.com
Seg. a Sex.,  das 12h às 15h e das 19h30 às 23h
Sáb., das 19h30 às 23h


Abra mais portas em www.lisboanapontadosdedos.blogspot.com


Esta crónica é patrocinada por:


pub
Faltam 300 caracteres
pub
pub
topo