Imaginar fora da caixa

Patti Smith e Ai Weiwei uniram forças com 30 artistas para criar uma exposição de arte em homenagem ao escritor Oscar Wilde. 

Imaginar fora da caixa

Patti Smith e Ai Weiwei uniram forças com 30 artistas para criar uma exposição de arte em homenagem ao escritor Oscar Wilde. 

01 Ago 2016 • 10 39 H



Com a chancela da Artangel, um grupo artístico conhecido por organizar exposições em locais inexperados, Patti Smith e Ai Weiwei juntam-se a 30 artistas numa mostra coletiva na prisão de Reading, no Reino Unido.

Este local, incomum para uma exposição de arte, ficou conhecido por ter albergado o escritor Oscar Wilde durante dois anos, acusado de homossexualidade, tornando-se um símbolo do pensamento retrógrado da época.

Em forma de celebração do escritor, a mostra denominada Inside conjuga vários tipos de arte, desde instalações a performances, baseadas nos conceitos de prisão e separação. Em entrevista ao diário britânico The Guardian, o co-diretor da Artangel, Jamie Lingwood, afirma que "esta exposição será uma espécie de peregrinação para muitas pessoas dado que Wilde parece conectar-se com muitos de nós a vários níveis."



A exposição conta com uma instalação 3D com cenas da obra S.A.C.R.E.D, de Weiwei, em que é retratada a experiência de confinamento do artista durante 81 dias. Todos os domingos, de Setembro a Outubro, Patti Smith, Maxine Peake e Ralph Fiennes irão recitar De Profundis, a carta que Wilde escreveu ao amor da sua vida, Lord Alfred Douglas.

A mostra estará patente na prisão de Reading de 4 de Setembro a 30 de Outubro. Para mais informações, consultar o site aqui. 

pub
Faltam 300 caracteres
pub
pub
topo