Luís Buchinho


Linhas estruturadas e gráficas movem uma coleção de inspiração desportiva, mas sexy. A palete de cores variou entre o preto e o branco, combinado com cores primárias que acrescentaram dimensão às peças. Já o cobre levou-nos para o mundo industrial, em looks sem tempo nem espaço.

Luís Buchinho


Linhas estruturadas e gráficas movem uma coleção de inspiração desportiva, mas sexy. A palete de cores variou entre o preto e o branco, combinado com cores primárias que acrescentaram dimensão às peças. Já o cobre levou-nos para o mundo industrial, em looks sem tempo nem espaço.
17 Out 2016 • 13 51 H



pub
Faltam 300 caracteres
pub
pub
topo