Dior em Tóquio


Num incrível cenário japonês, Maria Grazia Chiuri guia-nos por dentro de um labirinto mágico, polvilhado com delicadas flores e plantas. A sua irregularidade e imensidão floral foram a inspiração da coleção, que resultou numa coletânea de vestidos de noite encantados, bordados com flores e pássaros, que combinam o
savoir-faire da Maison com a cultura japonesa. 

Dior em Tóquio


Num incrível cenário japonês, Maria Grazia Chiuri guia-nos por dentro de um labirinto mágico, polvilhado com delicadas flores e plantas. A sua irregularidade e imensidão floral foram a inspiração da coleção, que resultou numa coletânea de vestidos de noite encantados, bordados com flores e pássaros, que combinam o
savoir-faire da Maison com a cultura japonesa. 

20 Abr 2017 • 12 59 H



pub
Faltam 300 caracteres
pub
pub
topo